FUTEBOL

Loading...

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

PACTO DA MALDADE NO GIGANTE DA BEIRA-RIO.

* Fernandão chegou ao cargo de treinador após nos bastidores, construir a destituição de Dorival Júnior, uma vez lá se deparou com a necessidade de barrar veteranos como Bolivar, que negou-se sentar no banco de reservas e minou o vestiário, fazendo com que medalhões muito mais militassem no Mãe de Deus hospital próximo ao estádio do que no campo de jogo. Os resultados não apareceram em campo e Fernandão botou a boca no mundo, o  grupo não gostou foi chamado para reunião,e após duas horas fumaça branca na Capela Cistina do Gigante e D'alessandro camerlengo dos jogadores (camerlengo é o secretário do Papa), disse"Tá tudo bem empenho nunca faltou, e agora é jogar e ganhar os jogos que temos ainda pela frente no campeonato.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente este artigo.