FUTEBOL

Loading...

quinta-feira, 31 de maio de 2012

O PRAZER.

De saber que as  estrelas também vivem só,
de um cigarro amassado, de uma rua deserta,
de outros que até eu posso sentir dó...
da menina de olhos, grandes como a lua...
Nos bares nas festas, nos  vinhos serestas,
das mentes infestas de podres amores.
De mil desamores, do chopp das 4,
deste louco mundo putrefato.
Desta grande peça de teatro.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente este artigo.